O que é mão inglesa e quais os países com volante na direita?

O que é mão inglesa e quais os países com volante na direita?

Dirigir na mão inglesa requer muita atenção de quem está acostumado a guiar do lado direito das vias. Caso você não se lembre disso, na melhor das hipóteses, a situação vai parecer uma cena digna de uma comédia clichê. Contudo, para evitar acidentes, multas e problemas internacionais, é preciso conhecer quais são os países cujo sentido do tráfego é diferente do que é adotado no Brasil.

Em grande parte dos países do mundo, os veículos devem se manter à direita da pista de rolamento. Consequentemente, os motoristas ficam do lado esquerdo dos carros, mais próximos do centro da via. Porém, quem vai viajar para o exterior precisa confirmar qual é o sentido de circulação do tráfego da nação que será visitada.

Desse modo, a Happy Tours preparou uma lista com os principais países em que os carros circulam pela esquerda. Além disso, neste post você vai ver o que é e como surgiu esse sentido de tráfego. Fique no post até o final e evite problemas internacionais!

O que é mão inglesa?

mão inglesa en

É um sentido de circulação do tráfego no qual os carros ficam à esquerda. Ou seja, os carros no sentido oposto passam pela direita. Com isso, as ultrapassagens devem ser feitas também pela direita. Além do sentido dos veículos, várias outras dinâmicas do trânsito acabam ficando diferentes.

Por exemplo, as rotatórias são feitas no sentido horário, ao cruzar uma rua de mão dupla, deve-se olhar primeiro para a direita. O transporte público também sofre mudanças quando o sentido de circulação é diferente: os pontos de ônibus ficam à esquerda. A sinalização vertical, também, fica do lado esquerdo da rua.

Você pode estar se perguntando como fica para dirigir nessas situações. Afinal, um motorista sentado à esquerda teria a visibilidade prejudicada, não é mesmo? Porém, nos países com mão inglesa, o condutor senta no lado direito e a troca de marchas é feita com a mão esquerda.

Independente do sentido da via e do país, pode ser necessário alugar um carro fora do Brasil. Por esse motivo, muitas pessoas acabam recorrendo aos cartões pré-pagos internacionais.

Como surgiu a mão inglesa

A explicação mais plausível é de que essa posição foi herdada desde a Europa Medieval ou da Roma Antiga. Nesse período, os cavaleiros circulavam na esquerda, a fim de deixar a mão direita livre para eventuais lutas. Conforme o Reino Unido foi se desenvolvendo, os cavalos e carruagens continuaram sendo conduzidos pelo mesmo lado.

No fim do século XIX, o documento que regulamentava o trânsito no Reino Unido fez esta convenção virar uma lei. Além disso, os países colonizados pelos britânicos acabaram adotando esse sentido de tráfego.

Por sua vez, o Japão não foi uma colônia do Reino Unido, mas suas ferrovias foram construídas por engenheiros ingleses. Dessa maneira, o sentido de circulação dos trens se tornou o padrão para os demais modos de transporte.

E você sabe os principais países que adotam a mão inglesa? Descubra a seguir no post!

Quais os países com mão inglesa?

Atualmente, existem cerca de 70 países e territórios que dirigem do lado esquerdo. A grande maioria deles é colônia britânica ou são parte da Comunidade de Nações – a Commonwealth. Por exemplo, na Europa, sete lugares dirigem pela mão inglesa e nenhum deles faz fronteira terrestre com os outros países.

Veja os principais destinos turísticos cuja circulação de carros é feita pela esquerda. Confira!

Reino Unido

É claro que o território que ficou famoso pela condução do lado esquerdo estaria nesta lista. Afinal, a Inglaterra é um país que pertence ao Reino Unido. Quando se pensa em uma região que adota este sistema de tráfego, é a primeira que vem à mente de muita gente. Ou você vai dizer que nunca reparou os carros “na contramão” na capa do disco Abbey Road, dos Beatles?

Outro motivo de fama da terra da Rainha, é que ele é um dos principais países que não exigem visto de brasileiros!

Irlanda

A terra da cerveja Guinness, de Oscar Wilde e dos leprechauns faz parte do Reino Unido e, por isso, também adota a mão inglesa. Esse país é um famoso destino dos brasileiros na Europa. Principalmente aqueles que buscam um intercâmbio para aprimorar o idioma.

Além disso, essa nação possui alguns dos melhores pubs do mundo. Durante a sua visita, não deixe de visitar alguns dos principais museus da Europa, também.

Tailândia

A Tailândia é famosa pelas suas praias e pela gastronomia. Contudo, ao visitar esse país, você vai perceber que os carros andam pelo lado contrário da rua. Por isso, além do trânsito caótico em algumas regiões, você precisa ter atenção ao sentido do tráfego e evitar um acidente.

Indonésia

Quem busca praias, florestas tropicais, montanhas e cachoeiras de tirar o fôlego, precisa viajar até a Indonésia. Contudo, essa roadtrip precisa ser feita pelo lado esquerdo das estradas. No arquipélago, composto de mais de 17 mil ilhas, você vai poder desfrutar da gastronomia e da hospitalidade local, além de ter a experiência de dirigir na mão inglesa.

Nepal

O Nepal é mundialmente conhecido por ser – junto com o Tibet – a terra do Monte Everest, o ponto mais alto do mundo. Por esse motivo, esse país é um ótimo destino para quem busca aventura e adrenalina. Não é possível subir até o topo do Everest de carro, é claro, mas a sua viagem no Nepal deve ser feita pelo esquerdo das ruas.

Singapura

Já pensou em visitar uma região totalmente cosmopolita, com ótima vida noturna em uma cidade-estado extremamente moderna? Então você precisa conhecer a República de Singapura. Lá, além da mão inglesa, você vai encontrar hotéis, praias e construções que vão te apaixonar. Aproveite a viagem e veja como a cidade fica iluminada e completamente diferente durante a noite.

Hong Kong

Hong Kong é uma cidade-estado. Atualmente, a ilha é uma região quase independente da China. Seu princípio é “um país, dois sistemas”, ou seja, apesar do próprio governo e território, a região ainda faz parte, oficialmente, do território chinês.

Por ser um dos principais centros econômicos da Ásia, Hong Kong é um dos principais destinos de empresários brasileiros. Por isso, veja nossas dicas para viagens de trabalho e aproveite ao máximo sua estadia na ilha.

Japão

O Japão é outro país que o trânsito é conhecido por obedecer à mão inglesa. Contudo, o arquipélago não foi colônia da Grã-Bretanha. O sistema de tráfego é adotado no país por conta das relações comerciais que as duas nações tiveram e os engenheiros britânicos ficaram responsáveis por elaborar a malha viária japonesa. Isso influenciou a escolha do sentido dos outros meios de transporte.

Nova Zelândia

O país é conhecido por ser a terra do rúgbi e dos esportes radicais. A Nova Zelândia foi uma colônia inglesa e, por isso, muitos costumes acabaram sendo absorvidos pela população. Um deles foi a mão inglesa. Então, quem quiser conhecer melhor os sets da franquia Senhor dos Anéis e Hobbit, vai precisar dirigir ao lado esquerdo da rua.

Austrália

A Austrália é vizinha da Nova Zelândia e também foi colônia inglesa. Por isso, no país dos cangurus, também vai dirigir pelo lado esquerdo das ruas. Quem for visitar a terra do AC/DC e do Men at Work, vai poder desfrutar de várias belezas naturais, gastronomia e costumes únicos.

Vai viajar para a Austrália? Confira nosso post sobre o que levar na mala e saiba como deixar espaço para trazer muitos bumerangues e vegemite!

Índia

A Índia é conhecida pelo seu trânsito caótico. É fácil encontrar vídeos da hora do rush em Nova Délhi e ficar em choque com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo. Além das várias informações vistas no trânsito, os brasileiros vão precisar prestar atenção no sentido de circulação do tráfego. Na terra do Taj Mahal adota-se a mão inglesa.

África do Sul

A África do Sul ganhou mais destaque entre os turistas após a Copa do Mundo de 2010. Esse país é foi colônia inglesa e, devido a isso, teve um capítulo dolorido da sua história – o Apartheid. Devido às influências britânicas na nação, o sistema de circulação do trânsito é feito pela esquerda.

Namíbia

A Namíbia também fica no continente africano e ficou sob domínio europeu durante muitos anos. Até 1990, essa região era território da África do Sul e, atualmente, é independente. Quem busca fazer turismo em desertos, precisa conhecer esse país e suas atrações naturais.

Bahamas

As Bahamas são formadas por mais de 700 ilhas e são um verdadeiro paraíso para os turistas. Quem busca visitar praias caribenhas com muito estilo precisa conhecer essa região. Ela faz parte da Comunidade das Nações e, por isso, adotam a mão inglesa como sistema de trânsito. Como a língua oficial é o inglês, a comunicação pode deixar de ser um obstáculo.

Barbados

Barbados é outro país da região do Caribe. Além disso, esse país é conhecido por ser a terra natal da cantora Rihanna. É uma nação muito pequena, com apenas 34 km de comprimento e 23 km de largura. Lá o sistema de trânsito pela esquerda é adotado devido à influência do império britânico.

Jamaica

A Jamaica é o quinto maior país do Caribe. Esse país é a terra do reggae e de Bob Marley. Essa região também faz parte da Commonwealth. Por esse motivo, Elizabeth II é a monarca e chefe de estado desta nação. Por esses motivos, na ilha usa-se a mão inglesa para o tráfego.

Além dos países citados aqui, existem muitos outros que adotam a mão inglesa. Alguns deles não são tão famosos por serem destinos turísticos. Contudo, em geral, estes territórios se localizam na Ásia, África Central e na região do Caribe.

Viajar é tudo de bom, não é mesmo? Principalmente quando é possível comemorar uma data especial no exterior. Um dos principais períodos que as pessoas buscam turistar é no fim do ano. Dessa forma, para saber onde ir, veja nossos melhores destinos para o réveillon no exterior.

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.