Conheça o passo a passo para tirar seu visto para conhecer o Canadá

Conheça o passo a passo para tirar seu visto para conhecer o Canadá

como tirar visto para o canada

Com belezas naturais e cidades incríveis, o Canadá se tornou um destino muito buscado para quem pretende aproveitar o melhor desses dois mundos. Mas ao iniciar o planejamento dessa viagem tão especial, uma etapa deve receber atenção redobrada, já que, para iniciar sua aventura, é preciso ter em mãos o visto canadense.

Normalmente esse tipo de documentação exige atenção e muita paciência, pois o processo de retirada acaba sendo bem complicado, mas esse não é um problema para quem escolhe o Canadá. Quando comparamos com a opção norte-americana, o processo é rápido (com durabilidade de no máximo 6 semanas), e tem uma taxa de rejeição muito baixa.

O país oferece, atualmente, duas opções de documento para quem vai visitá-lo, o ETA, conhecido como autorização eletrônica de viagem, ou o visto convencional de turismo, que costuma valer por 6 meses. Para conhecer melhor esses dois tipos de documentos, e aproveitar sua viagem sem preocupação, confira as dicas da Happy Tours!

Opção de Visto para o Canadá – Autorização eletrônica de viagem (ETA)

bandeira do canda

Como comentamos, os viajantes que escolherem o Canadá como destino têm disponível duas opções de vistos para garantir sua presença legal no país. O ETA, ou autorização eletrônica de viagem, é uma oportunidade mais barata e rápida de garantir seu visto de turismo para o país.

O documento pode ser retirado por qualquer cidadão brasileiro que já tenha o visto dos Estados Unidos válido ou que retirou um visto canadense nos últimos 10 anos. Mas, atenção, ele só pode ser utilizado para entrada aérea, caso você chegue pelo país de carro ou em transporte marinho o visto convencional será solicitado.

Para retirar o visto eletrônico é preciso reunir os documentos necessários, que são: passaporte com validade mínima de 6 meses, cartão de crédito internacional e um endereço de email válido. Depois, preencha os formulários disponíveis no site do Governo do Canadá, que possui um manual em português para facilitar o processo.

parlamento do canada

A última etapa para finalizar seu ETA é seguir as instruções no site para realizar o pagamento da tarifa de C$ 7,00, lembre-se de usar seu cartão de crédito e verificar se você é realmente autorizado a realizar essa solicitação, pois o valor não é reembolsável.

A provação desse tipo de visto costuma chegar em poucos minutos, mas seu prazo máximo é de até uma semana. Para utilizá-lo, não é necessários apresentar nenhum papel ou confirmação, sua praticidade já disponibiliza todas as informações no seu check-in com a companhia aérea e o oficial de migração direto no Canadá.

O ETA tem validade de até 5 anos, mas o mais importante é prestar atenção na validade do passaporte, que acompanha estritamente essa data. Na renovação do documento, será necessário renovar também sua autorização eletrônica canadense.

Visto canadense tradicional TRV – Uma opção sem restrições

visto canadense

O TRV, ou visto tradicional de turismo canadense, é um documento obrigatório para visitantes que chegam ao país, seja de avião, navio ou carro. O documento pode ser solicitado por qualquer cidadão brasileiro que deseje visitar o Canadá e costuma ser de fácil acesso, com uma baixa taxa de rejeição.

A primeira etapa do processo de solicitação do TRV é reunir os seguintes documentos:

  • Comprovante de pagamento de taxas básicas de aplicação;
  • Cópia das folhas do passaporte que apresentam nome, foto, número do documento e demais dados;
  • Duas fotos que sigam os padrões presentes no manual disponível no site;
  • Comprovante de renda;
  • Certidão de casamento/nascimento;
  • Carta de intenção, explicando o propósito de sua viagem.

Com a ordem de solicitações completa, inicie o preenchimento dos formulários de acordo com a sua realidade, já que o site do governo disponibiliza opções para famílias e casais em situação de união estável, por exemplo. Ao final, será disponibilizado um código de barras para pagamento, assim como as orientações necessárias para finalizar essa etapa.

Da mesma forma como o ETA, o visto tradicional também deve ser pago com o cartão de crédito internacional. As taxas variam entre C$100,00 por pessoa, ou C$500,00 para famílias de até 5 pessoas. A biometria também oferece um custo adicional de C$85,00 unitária e C$170,00 por família.

Uma dica sobre as taxas de pagamento é guardar no mínimo duas cópias do comprovante de pagamento, já que eles não estarão disponíveis novamente, e será necessário enviar pelo menos uma delas junto às demais documentações.

A última etapa do processo é submeter sua aplicação de visto, e ela pode ser realizada online ou pessoalmente em uma das unidades do VFS Global, um intermediário entre viajantes e o consulado canadense que tem escritório em 3 cidades do Brasil, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

No online, com um scanner ou câmera, faça cópias dos documentos solicitados e crie um único arquivo para submeter sua aplicação no site. Após sua aprovação, será necessário enviar o passaporte para o VFS seguindo as instruções e com o comprovante de pagamento da taxa de transmissão, no valor de C$27,93.

Quando tudo estiver regularizado, você receberá um novo e-mail com um aviso de que poderá buscar seus documentos ou recebê-los em casa. Leia as instruções e confira as taxas de envio para escolher a melhor opção para seu orçamento.

taxi nas ruas canadenses

Caso você escolha realizar o processo diretamente em um centro de aplicação canadense (CVAC), será necessário realizar o pagamento de uma taxa extra de serviço no valor de C$34,91. Nesse formato, o passaporte já é enviado ao consulado no mesmo envelope que os documentos e formulários preenchidos.

Para o retorno do passaporte e do visto já aprovado, quem escolhe ir pessoalmente até o CVAC tem as mesmas opções do online: retirar os papéis já no local ou pagar a taxa para que eles sejam enviados diretamente para sua residência.

O processo de regularização e retirada do visto canadense pode até parecer complicado, mas com dedicação e atenção a cada etapa fica bem mais fácil realizá-lo com tranquilidade e ter um resultado positivo no final. Siga as dicas do Happy Tours USA e tenha uma boa viagem!

E não se esqueça de conferir as outras dicas sobre viagens de carro pelo Canadá diretamente aqui no nosso blog!

Alugar um carro na Happy Tours!

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.