Veja dicas essenciais para viajar a trabalho com mais tranquilidade

Veja dicas essenciais para viajar a trabalho com mais tranquilidade

Ir para outro país a trabalho é uma oportunidade única para conhecer novas culturas bem de perto: praticar a língua nativa, aumentar seus contatos profissionais, agregar experiência ao currículo e ainda se divertir! Como você pode perceber, viajar a trabalho para outro país traz diversas possibilidades, mas também exige preparação.

Para poder curtir tudo isso da melhor maneira, sem surpresas ou dores de cabeça, preparamos uma publicação com diversas dicas para ter uma viagem segura e produtiva. Veja logo abaixo:

Como se preparar para viajar a trabalho para o exterior

O processo para esse novo desafio começa muito antes do visto estar liberado e o passaporte carimbado. Quanto antes você se antecipar para sua viagem, mais preparado vai estar. Quer saber como? Confira!

Escolha bem as roupas

Consulte bem o clima do local para onde vai semanas antes e vá lendo as previsões para o dia em que vai desembarcar.

Mas escolher a roupa para sua viagem é mais do que uma mera questão de clima: lembre-se que você vai estar em uma cultura diferente, e muitos países têm culturas mais restritivas a respeito de determinadas peças ou acessórios.

Se não tiver uma peça adequada para a cultura social do destino de sua viagem à trabalho, compre um conjunto assim que desembarcar no país.

Conheça o idioma

Apesar de parecer uma dica um tanto óbvia, não é nada fácil conhecer uma língua nova em um tempo tão curto. E para ter sucesso em sua viagem, é importante conhecer algumas frases de sobrevivência, desde pedir licença, perguntar direções e interjeições que ajudem a conversa a fluir com clientes e pessoas do dia a dia.

O celular é seu grande amigo nesta jornada: baixe aplicativos de tradução simultânea, para poder se comunicar em situações muito específicas e não deixe de ir estudando antecipadamente através de aplicativos.

Você pode criar os chamados flashcards com frases importantes para usar em sua viagem e ir estudando com repetição espaçada: todas as noites, antes de dormir, revise as principais frases que vai usar na língua-alvo.

Com dúvida ou urgência, o inglês é uma língua global – especialmente no mundo corporativo – que todo mundo arranha um pouco. Não hesite em pedir um “Help!”.

Leve uma “farmacinha”

Há certos remédios que são produzidos de maneira diferente em outros países, ou mesmo que não tenham regulamentação fácil ou sejam mais fracos (ou fortes).

Se preparar também envolve cuidar de ocasionais dores de cabeça e insônias causadas pelo jetlag – distúrbio do sono que afeta indivíduos que viajaram rapidamente em diversos fusos horários –, além de desconfortos estomacais causados por comidas diferentes.

Se for levar um remédio controlado, leve-o fechado e com a receita de seu médico. Procure levar sempre as embalagens fechadas e sem exageros.

Faça seguros

Países diferentes têm diferentes tipos de climas, tipos de alimentos e doenças comuns, enfim, uma série de coisas das quais nosso corpo não está acostumado e podem causar uma reação grande no organismo. E você definitivamente não quer ficar hospitalizado por comer algum prato tradicional do local.

A grande maioria das agências de viagens já inclui um seguro de saúde em seus custos, e é seu dever revisar todos os itens e questionar possíveis inconsistências, assim como adicionar outros itens específicos relacionados a sua atividade no local.

Mas o seguro não se trata apenas da saúde física: é muito provável que você vá alugar um carro no exterior, no qual as regras de trânsito e o comportamento dos motoristas é diferente, e também onde estradas e o clima podem ser novos para sua experiência dirigindo.

Não estar com um bom seguro de automóvel no exterior pode causar uma série de problemas. Por isso é importante solicitar a licença para dirigir e se informar bem antes de pôr o pé na estrada.

Dependendo do destino, é importante ter cuidados especialmente sobre como dirigir na neve e em autoestradas especiais, como a bahns e highways.

Alugue um carro antecipadamente

Para ter mais conforto e autonomia para não correr riscos de atraso, muitas viagens à trabalho exigem alugar um carro no exterior. E, por mais simplificado que o processo seja na maioria das empresas, é muito importante se antecipar para onde irá retirar o veículo, quais são os custos e termos.

A Happy Tours aluga veículos na América e na Europa com segurança, é parceira de diversas locadoras e não vai te dar surpresas no pagamento: nossa quilometragem é livre e não cobramos taxa de cancelamento, facilitando todos os seus planos e evitando dores de cabeça.

Fique atento à conversão de moeda

As moedas oscilam bastante em curtos períodos de tempo, por isso vale a pena começar a seguir a cotação da moeda-alvo e ir adquirindo aos poucos, assim você pode aproveitar para fazer compras aproveitando as melhores condições possíveis para a época.

Atenção à alfândega

Fazer compras é ótimo, mas é importante considerar que existe um limite para transportar produtos em voos internacionais, e se você exceder o limite alfandegário, terá de pagar impostos de importação sobre os produtos.

As taxas e valores máximos variam de acordo com o país. Muitos aeroportos possuem áreas livres de impostos para você poder comprar aparelhos eletrônicos e vários outros produtos com um custo menor.

Nós da Happy Tours temos um post sobre alfândega em nosso blog, e lá você entende, também, quais produtos são proibidos na hora de entrar no país e ainda acompanha dicas para declarar suas compras, basta conferir!

Prepare um plano de celular

Na maioria dos países o conceito de telefone pré-pago é diferente, e você não vai poder simplesmente comprar um novo chip e sair usando os serviços do país. O cadastro costuma ser mais rigoroso.

Para não ficar desconectado, você precisa contratar um plano de roaming com sua operadora, assim preserva seu número e pode usar seus dados em qualquer lugar.

Esteja sempre com seus documentos

Se até aqui no Brasil não saímos sem documentos, no exterior reforçamos essa dica. Para evitar problemas e mal entendidos, é fundamental andar com seus documentos e especialmente seu cartão de visto e passaporte.

Mais do que andar com seus documentos, você deve ter muitas cópias de cada um deles: guardadas em casa, no hotel, no porta-luvas do carro, na mochila.

Acredite: perder os documentos no exterior vai te causar muita dor de cabeça. O ideal é manter cópias autenticadas por instituições e guardar todos os seus dados numéricos no celular. Ter um print screen deles e também um cadastro online naqueles que disponibilizam aplicativos de autenticação. Todo cuidado é pouco nesse quesito.

Gostou das nossas dicas e está preparado para avançar em sua vida profissional? Confira mais informações técnicas e turísticas no blog da Happy Tours e conheça nosso serviço de aluguel de automóveis, com condições exclusivas e muito mais segurança e praticidade!

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.